Emissão NF-e

Nota fiscal impressa no DF vai ser substituída por nota eletrônica

admin : August 27, 2014 4:39 pm : DANFE, Nota Fiscal Eletrônica, Notícias

A partir de primeiro de outubro, os consumidores do Distrito Federal poderão optar pela nota fiscal eletrônica, no lugar da impressa em papel. O cidadão vai receber um QR Code, um tipo de código com os dados da nota, que poderá ser enviado por e-mail ou torpedo. O Decreto Distrital sobre a Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor foi publicado nesta terça-feira (13).

Segundo a Secretaria de Fazenda, a obrigatoriedade da implementação do sistema pode demorar até três anos. Mas, a partir de outubro, empresários e consumidores já poderão aderir de forma espontânea. No DF, a emissão da nota fiscal eletrônica entre pessoas jurídicas já é obrigatória desde abril de 2014.

 

Sua empresa precisa de soluções de Nota Fiscal Eletrônica? Entre em contato com a GB, empresa de consultoria há 20 anos no mercado Brasileiro:

GB NETWORK & PRINT
TEL: (11) 5535-4857
EMAIL:
comercial@gbnet.com.br
skype: gbnetwork

Leave a response »

Contadores tiram dúvidas sobre Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

admin : August 13, 2014 10:54 am : DANFE, Dúvidas, NFC-e, Nota Fiscal Eletrônica, Notícias

Aproximadamente 400 contadores participaram da palestra sobre Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) ministrada por representantes da Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT). O evento aconteceu na última sexta-feira (08.08), no auditório do Conselho Regional de Contabilidade (CRCMT), em Cuiabá.

A NFC-e é um documento fiscal eletrônico, transmitido pelo estabelecimento comercial para a Sefaz-MT pela internet no ato da compra. Como a nota é autorizada de forma online, o consumidor conta com mais segurança e comodidade, podendo receber o documento no e-mail sem necessidade de impressão.

Segundo o superintendente de Informações do ICMS na Sefaz-MT, Vinícius Simioni, é muito importante esclarecer o assunto aos contadores, o que facilita a utilização do sistema. “Os contadores prestam orientação e assistência direta aos contribuintes, que passam a cumprir corretamente a legislação”, completou.

Ele destacou que com a NFC-e há maior nível de cumprimento da legislação. “Isso reduz a evasão fiscal e a inadimplência, bem como viabiliza a participação do consumidor”, ressaltou Vinícius, ao destacar a redução de custos operacionais e de tempo, a transparência, e a segurança como as principais vantagens da NFC-e.

O tema também foi abordado pela gerente de Nota Fiscal de Saída da Sefaz, Deusângela Marciano Ribeiro, e o fiscal de tributos Luiz Claudio Bueno Proença.

PARCERIA

A presidente do CRCMT, Silvia Cavalcante, enfatizou que a parceria entre o Conselho, o Sindicato dos Profissionais de Contabilidade de Mato Grosso (Sincon/MT) e a Sefaz é fundamental para a qualificação dos usuários do sistema, implantado em 2013. “Embora enfrentem dificuldades de adaptação, os profissionais sentirão a diferença e a facilidade de trabalhar com a NFC-e”, disse.

Para Silvia, a presença de tantos profissionais representa que os escritórios estarão aptos a utilizar o sistema da maneira correta, multiplicando a informação para os empresários que ainda têm dúvidas. “O caminho é para falar uma linguagem só, universalizada. No futuro quero crer que teremos também a unificação para o fisco Municipal, Estadual e Federal”, concluiu a presidente.

FONTE: SEFAZ-MT

Leave a response »

Campanha estimula população a exigir a Nota Fiscal Eletrônica em MG

admin : June 25, 2014 11:27 am : DANFE, Nota Fiscal Eletrônica, Notícias

Uma campanha em Juiz de Fora busca conscientizar a população sobre a exigência da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) dos prestadores de serviços cadastrados no município. A ação inclui a distribuição de folders explicativos ao público em geral. A nota, conforme informado pela Prefeitura, representa a garantia do serviço prestado e é importante para fazer alguma reclamação no Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon).

De acordo com a Prefeitura, a NFS-e é um documento fiscal exclusivamente digital, para registrar as operações de prestação de serviços sujeitas à incidência do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), com base nos registros declarados pelo prestador. Este imposto retorna para a cidade, sendo revertido em obras, saúde, educação e infraestrutura, entre outros. A Prefeitura explicou ainda que a NFS-e aumenta a segurança do consumidor ao contratar um serviço, realiza o combate à sonegação de impostos e é sustentável, já que reduz a utilização de papel na emissão.

fonte: G1

Leave a response »

Fazenda informa sobre nova opção de Danfe nas vendas fora do estabelecimento

admin : June 11, 2014 11:38 am : DANFE, Nota Fiscal Eletrônica, Notícias

Atendendo solicitação dos contribuintes, a Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT) alterou a legislação que trata da obrigatoriedade de uso da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) nas operações de venda de mercadoria fora do estabelecimento, remetida sem destinatário certo.

A partir de agora, os contribuintes credenciados na NF-e pelo critério de faturamento, quando realizarem esse tipo de operação, terão a opção de utilizar tanto o Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica (Danfe) Simplificado como em papel normal tamanho A4.

A alteração visa dar alternativa àquelas empresas que queiram utilizar impressora comum nesse tipo de operação. Está disposta no parágrafo 2°-B do art. 11 da Portaria 163/2007.

Cabe lembrar que a partir de 1º de julho de 2014 não será mais concedida autorização para impressão de documentos fiscais (AIDF) aos contribuintes credenciados por faturamento, tendo em vista que para estes passará a ser vedada a emissão de Nota Fiscal Modelo 1/1A nas saídas a vender.

Leave a response »

Microprodutor não precisará emitir Nota Fiscal Eletrônica

admin : June 11, 2014 11:36 am : DANFE, Nota Fiscal Eletrônica, Notícias

As dificuldades apresentadas pelos agricultores familiares no cumprimento do decreto que exige a emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NFE) na comercialização dos seus produtos levou o vice-presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Fetag/RS), Carlos Joel da Silva, a se reunir com o secretário da Fazenda do Estado, Odir Tonollier, e o subsecretário-adjunto da Receita Estadual, Joni Müller.

13669-blocoprodutor

O encontro ocorreu na sexta-feira, 30, e, na oportunidade, o secretário garantiu que será publicada nos próximos dias uma portaria isentando os produtores que estão enquadrados no talão de nota como microprodutores da emissão de nota fiscal eletrônica. Enquadram-se como microprodutor os que têm área de terra de até quatro módulos fiscais e com uma movimentação anual de até 15 mil UPF"s (1 UPF equivale a R$ 15), totalizando uma renda anual de R$ 225 mil, porém, será levada em conta a renda do ano anterior.

A federação solicita aos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais (STRs) que orientem os agricultores para que verifiquem junto ao setor de talões de produtor da prefeitura se o seu cadastro encontra-se como microprodutor. Caso não esteja, mas está dentro dos critérios devem orientá-los a preencher o formulário como microprodutor. Silva ressalta que nas movimentações em que a natureza da operação for depósito, não há necessidade de emissão da NFE, somente nas operações de venda. Portanto o produtor que for transportar seu produto para depositar em armazém próprio ou na cooperativa não precisará usar Nota Fiscal Eletrônica.

Também participaram da reunião a Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul) e Federação Estadual do Arroz (Federarroz).

 

fonte: Folha do Mate

Leave a response »

Sped – Divulgada a Nota Técnica nº 2014/002, versão 1.00, que trata do webservice de distribuição de documentos fiscais eletrônicos

admin : May 28, 2014 4:59 pm : DANFE, NFC-e, Nota Fiscal Eletrônica, Notícias

Foi divulgada, no portal da Nota Fiscal Eletrônica, a Nota Técnica nº 2014/002, versão 1.00, que trata do webservice de distribuição de documentos fiscais eletrônicos.

Essa Nota Técnica traz, em resumo, os aspectos a seguir expostos sobre o webservice em referência.

Um dos grandes desafios do projeto Nota Fiscal Eletrônica é prover para os atores envolvidos nos processos da NF-e informações de seu interesse de forma eficiente e confiável.

O webservice de Consulta da Relação de Documentos Destinados (NfeConsultaDest) provê informações necessárias para a manifestação do destinatário da NF-e. Além de prover informações para possibilitar a manifestação do destinatário, surgem novas necessidades de interesse de outros atores para as quais ainda não existe um serviço disponível.

A referida  Nota Técnica tem como objetivo a apresentação de um novo webservice denominado "NFeDistribuicaoDFe", que disponibilizará para os atores da NF-e informações e documentos fiscais eletrônicos de seu interesse.

A distribuição será realizada para emitentes, destinatários, transportadores e terceiros informados no conteúdo da NF-e (respectivamente, grupo X03 e tag autXML).

Este webservice possibilitará a descontinuidade, no futuro, do webservice de Consulta da Relação de Documentos Destinados (NfeConsultaDest).

Prazos para entrada em vigor da referida Nota Técnica:

a) ambiente de homologação (ambiente de testes das empresas): 15.09.2014;

b) ambiente de produção: 06.10.2014;

c) desativação do webservice NfeConsultaDest: 02.02.2015.

Nota Técnica nº 2014/002, versão 1.00, Disponível em:
http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/listaConteudo.aspx?tipoConteudo=tW+YMyk/50s=

Fonte: legisweb

Leave a response »

Automação turbina a NFC-e

admin : April 30, 2014 4:14 pm : Código de Barras, DANFE, NFC-e, Nota Fiscal Eletrônica, Notícias

A nota fiscal, tão conhecida do consumidor na hora das compras, está mais moderna e com novos atributos. O documento passou por um upgrade e, agora, apresenta os impostos que incidem sobre cada operação, em cumprimento à Lei da Transparência, em fase de implantação em todo o País. E vai além: não necessita mais ser impressa. Pode ser recebida por e-mail ou enviada ao smartphone ou tablet. É a chamada Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e). O contribuinte terá a segurança de contar com o documento fiscal a qualquer momento que precisar.

Mas as novidades não terminam por aí. Começaram a ser emitidas as primeiras NFC-e conjugadas do País, com informações detalhadas sobre o valor de produtos, serviços e o quanto disso é referente ao Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e ao Imposto sobre Serviços (ISS). Tudo em um só documento. Para ter acesso a todas essas informações, é preciso apenas informar o número do CPF no momento da compra

danfe-g

O Amazonas é o primeiro estado a apresentar o novo formato, e a expectativa é que, logo, outras unidades da Federação adotem o modelo completo. Tudo começa com a leitura do código de barras da mercadoria. A tecnologia, que segue o padrão GS1, permite identificar o produto e fazer o preenchimento automático da NFC-e, com os dados comerciais e fiscais de cada item.

Além disso, o número do código de barras contido no documento fiscal permite rastrear todo o processo da mercadoria dentro da cadeia, desde a sua fabricação até chegar ao consumidor. Do ponto de vista da automação, segurança e rastreabilidade das entregas de produtos, os processos logísticos ficarão mais ágeis. O Brasil é pioneiro nessa medida e seu modelo de gestão deverá servir de exemplo a outros países.

Fonte: Jornal do Comércio – RS

Se sua empresa precisa de código de barras, seja pra NFC-e ou pra qualquer outra aplicação, entre em contato com a GB, a empresa com quase 20 anos de experiência em códigos de barras no Brasil:

GB NETWORK & PRINT
TEL: (11) 5535-4857
EMAIL:
comercial@gbnet.com.br
skype: gbnetwork

GB é Parceiro
00805564c9b580a60e107d62888b06a3-22

e Associado
imgres

 

 

Leave a response »

Nota Fiscal Eletrônica via tablet para Android entra em teste no Amazonas

admin : April 11, 2014 3:19 pm : DANFE, Dúvidas, Nota Fiscal Eletrônica, Notícias

Manaus – A Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) para tablets está em teste pela Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas (Sefaz), que este mês começou o processo de seleção de empresas interessadas em utilizar o novo aplicativo. O software desenvolvido pelo setor de P&D da Samsung, com a supervisão técnica do órgão simplifica a emissão do documento.

O programa, desenvolvido para plataforma Android, destina-se, exclusivamente, a empresas do comércio varejista optantes pelo Simples Nacional e oferece as funcionalidades essenciais para emissão do documento fiscal eletrônico.

As empresas interessadas em realizar os testes devem seguir as seguintes instruções: enviar e-mail para nfce@sefaz.am.gov.br; preencher o assunto do e-mail apenas com a palavra piloto tablet; informar seus dados atualizados.

A utilização dos tablets como check out móveis permitirá a emissão do documento de forma simplificada, proporcionando uma comodidade ainda maior para o cliente. Num restaurante, o garçom poderá fazer o pedido, fechar a conta, efetivar o pagamento e emitir a NFC-e no tablet. A nota pode ser imprensa e entregue ao cliente ou enviada por e-mail ou SMS.

Leave a response »

Empresas precisam ter cuidado para não extraviar notas fiscais

admin : April 2, 2014 2:09 pm : DANFE, Nota Fiscal Eletrônica, Notícias

SÃO PAULO -  O extravio de uma nota fiscal costuma dar muita dor de cabeça aos empresários. Por isso, quem ainda emite notas fiscais em papel precisa ter bastante cuidado para não perder o documento. Caso isso ocorra, o empresário deve provar para o Fisco que o extravio não foi proposital, com o intuito de sonegar impostos. Se houver má intenção, a empresa sofrerá a respectiva punição do órgão competente.

Segundo o vice-presidente de Fiscalização, Ética e Disciplina do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Luiz Fernando Nóbrega, o primeiro passo para evitar problemas com o Fisco, em situações como essa, é registrar uma ocorrência na Delegacia de Combate aos Crimes Contra a Ordem Tributária. Em seguida, publicar a notícia do extravio em um jornal de grande circulação. "Além disso, o contador responsável pela empresa deve informar o número da nota fiscal, para quem ela foi emitida, qual o valor da transação e se há ou não uma cópia do documento", acrescenta.

O objetivo dessa ação, ressalta Nóbrega, é eximir a empresa de qualquer suspeita de fraude. "Se o empresário perde o documento, é o contador que vai fazer a comunicação do fato para as autoridades tributárias, por isso todo o processo precisa ser claro, completo e em conjunto", explica.

Para facilitar o trabalho do contador, a adoção da nota fiscal eletrônica tem sido gradual em todo o País. Segundo o vice-presidente do CFC, o modelo eletrônico garante mais segurança no processo de declaração tributária, facilita e simplifica a escrituração fiscal e contábil, melhora o processo de controle fiscal, reduz gastos e diminui a sonegação.

No Brasil, aproximadamente 1,5 milhão de empresas estão autorizadas a emitir notas fiscais eletrônicas, segundo dados da Receita Federal.

FONTE: DCI

Leave a response »

Obrigatoriedade da emissão do Cupom Fiscal Eletrônico do SAT terá início em novembro

admin : March 26, 2014 9:33 am : DANFE, Dúvidas, Nota Fiscal Eletrônica, Notícias

À partir do dia 01 de novembro de 2014, a emissão do CF-e-SAT (Cupom Fiscal Eletrônico do Sistema Autenticador e Transmissor) será obrigatória para empresas inscritas no cadastro de contribuintes do ICMS (Imposto Sobre Operações Relativas à Circulação De Mercadorias e Sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual, Intermunicipal e de Comunicação) do setor de varejo.

Em substituição ao cupom fiscal emitido pelo ECF (Emissor de cupom Fiscal) e da nota de venda ao consumidor, o CF-e-SAT estabelece um novo padrão para a área do varejo.
Com padrão parecido ao que é utilizado pela NF-e (Nota Fiscal Eletrônica), o CF-e-SAT é um documento fiscal eletrônico que serve para documentar uma operação de circulação de mercadoria no varejo. Ele possui validade jurídica, uma vez que a validade é garantida pela assinatura digital feita pelo equipamento SAT através do certificado digital.
O consumidor passará a receber como comprovante de sua aquisição o Extrato do CF-e-SAT, que possui chave de acesso para consultar o documento eletrônico no site da Secretaria da Fazenda. Apesar do extrato não ter validade jurídica, ele auxiliará o consumidor a controlar suas compras.
De acordo com a portaria CAT-147 de 05.11.2012 e a portaria CAT-30 de 28.02.2014; as novas datas de instalação do CF-e-SAT no Estado de São Paulo constam no site: http://www.fazenda.sp.gov.br/sat/.
É importante salientar que as datas para o início da obrigatoriedade variam de acordo com a classificação da atividade econômica do estabelecimento e da receita bruta dos contribuintes.

Leave a response »
« Page 1, 2, 3 ... 6, »

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


3 + = eight

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>